segunda-feira, agosto 10, 2020
Siga-nos

Projetos

Projetos
A partir do dia 13 de março, as escolas encerraram e os alunos ficaram confinados com as respetivas famílias em suas casas, passando a um modelo de Ensino a Distância que teve no projeto #EstudoEmCasa um importante aliado, com emissões diárias a partir da RTP Memória. Recentemente, a aluna Beatriz Leitão Pereira, aluna do primeiro ano de escolaridade da EB de Ponte de Lima viu um trabalho seu ser divulgado na aula de Português do 1.º e 2.º anos do programa #EstudoEmCasa, trabalho que foi elaborado na sequência do desafio lançado pela respetiva docente sobre propostas de trabalho que são apresentadas no programa. A encarregada de educação da aluna remeteu os trabalhos para o programa, tendo sido recebida com grande alegria a divulgação dos mesmos.
Este é mais um bom momento para a escola e para o agrupamento, por constituir um incentivo para a aluna e para os colegas que, diariamente, procuram dar o seu melhor, mesmo em condições adversas.
 
Deixamos o link do programa (o texto surge aos 00:34): 

No dia 23 de junho, mais uma amostra do trabalho da aluna, desta feita na aula de Estudo do Meio e Cidadania dos 1.º e 2.º anos: -https://www.rtp.pt/play/estudoemcasa/p7148/estudo-do-meio-e-cidadania-1-e-2-anos

Projetos

A turma 6.º F participou, no dia 16 de junho, numa visita de estudo virtual ao Jardim Zoológico de Lisboa, organizada pelo professor bibliotecário Rui Carvalho.

Com o título "Explore Biodiversity & Ecosystems at the Lisbon Zoo", esta atividade inserida no projeto "Skype in the Classroom" da Microsoft, levou os alunos ao zoológico de Lisboa para aprenderem sobre biodiversidade através das centenas de espécies que aí residem. Os alunos ouviram as explicações do educador do Jardim Zoológico e puderam fazer perguntas sobre os diferentes habitats, dieta, reprodução, revestimento, locomoção e classificação de várias espécies, das menores às maiores e mais pesadas.

Os alunos também refletiram sobre a atual perturbação no equilíbrio dos ecossistemas e como isso afeta os animais que compartilham o planeta connosco, bem como o que podemos fazer para desenvolver uma visão sistémica da natureza, contribuindo para a sustentabilidade da vida na Terra.

Os alunos e professores aproveitam para agradecer a simpatia e disponibilidade dos serviços educativos do Jardim Zoológico de Lisboa.

 

Projetos

António Feijó foi homenageado publicamente na derradeira atividade que assinalou o Dia do Patrono, comemorações organizadas pelo Agrupamento de Escolas que tem o nome do poeta e diplomata. A cerimónia decorreu junto ao monumento ao poeta, contando com a presença do Presidente do Município de Ponte de Lima, Vereadores, Diretor do agrupamento, familiares do poeta alguns alunos e professores em representação da comunidade educativa.

As cerimónias, que respeitaram todas as regras impostas pela Direção Geral de Saúde, constaram das intervenções do Diretor do Agrupamento António Feijó, José António Silva, do Presidente do Município, Victor Mendes, de momentos de poesias, pelos alunos presentes e, finalmente, pela deposição de uma coroa de flores junto ao busto do poeta.

O Agrupamento António Feijó, durante uma semana, publicou diversos conteúdos e depoimentos de figuras limianas sobre a vida e obra do homenageado, assinalando desta forma os 161 anos do nascimento do maior vulto das letras nascido em Ponte de Lima. O Dia do Patrono foi, no corrente ano, assinalado de forma atípica, com recurso às redes sociais, na página Facebook da estrutura escolar, abandonando o modelo habitual que constava de exposições, sarau literário ou mesmo seminário, dedicado a uma personalidade incontornável na vida da escola e da comunidade.

O Agrupamento de Escolas António Feijó agradece publicamente o empenho do Município, de professores, alunos e muitas figuras da comunidade que se associaram a estas comemorações.

Projetos

Apesar do confinamento e com a escola a funcionar em Ensino a Distância a Escola Básica António Feijó levou a cabo, pelo quarto ano consecutivo, o Concurso de Vasos Floridos Feijó 2020.

Foram muitos os alunos que participaram nesta atividade, desde o 5º ao 9º ano de escolaridade.

Não faltaram trabalhos de grande qualidade e repletos de criatividade, apostando na reutilização de materiais condenados ao lixo, mas sempre com uma enorme dose de harmonia e estética.

Os vencedores foram todos os que participaram nesta bela iniciativa. No entando, os mais votados foram os seguintes:

1.º Lugar: José Martim (6.º H);

2.º lugar: Afonso Meireles (6.º E) ex-equo com o Vaso N.º 2 (não identificado);

3.º lugar: irmãs Marta (5.º F) e Rafaela Lopes (9.º F) e Gabriela Duarte (9.ºF)

Parabéns à todos os participantes numa atividade que vem honrar os pergaminhos da escola e do agrupamento.

Projetos

Culminam na segunda-feira, dia 1 de junho as comemorações do Dia do Patrono, durante as quais o Agrupamento de Escolas António Feijó homenageou o seu patrono, uma grande figura das letras e da diplomacia portuguesa, nascido em Ponte de Lima há precisamente 161 anos.

Durante a pretérita semana, pela página do agrupamento no Facebook passaram alunos, professores e diversas personalidades da cultura local, abordando a vida e obra do poeta. Durante uma semana, em 27 publicações, Luís Dantas, Diva, Beatriz Silva, Mara Azevedo, Guilherme Pimenta, João Duarte, Diva Martins, Duarte Graça, Jéssica Pinto, Vasco Rodrigues, Filipa e Carolina alunos ou ex-alunos e João Carlos Velho, professor da Escola Básica António Feijó, declamaram poemas da autoria do seu patrono, o Diretor do Agrupamento, Presidente do Município, Dr. José Cândido Martins, Amândido Sousa Vieira, Cláudio Lima, Dr. João Pimenta, D. Maria José Feijó enviaram textos ou depoimentos gravados para publicação, sendo ainda recordados o Documentário produzido por alunos e professores da escola sede do agrupamento em 2019, uma banda desenhada da história dos "Carecas de Faldejães", da autoria de alunos do agrupamento e até um trabalho do Clube de Matemática sobre a métrica da poesia de Feijó.

Foi uma semana intensa e de forte divulgação da vida e obra de António Feijó, estando o agrupamento profundamente grato a todos os que deram o seu contributo para este momento, que é assinalado há vários anos com iniciativas diversas. No corrente ano, devido às condicionantes da Pandemia Covid-19, centraram-se nas redes sociais, terminando no dia 1 de junho, com a deposição de um ramo de flores no monumento ao poeta e diplomata, na avenida que tem o seu nome. Este gesto simbólico, que contará com a presença do diretor do agrupamento, de alunos, professores e individualidades locais, terá lugar às 11h00.

Entrar ou Registar-se