terça-feira, fevereiro 07, 2023
Follow Us

despertar

Jornal Despertar

O mês de janeiro marcou o regresso da tradição das janeiras às escolas do Agrupamento António Feijó. os alunos e docentes da Escola Básica de Trovela sairam à rua para levar a mensagem de bom ano a diversos espaços e instituições.

O mês de janeiro marcou o regresso da tradição das janeiras às escolas do Agrupamento António Feijó. os alunos e docentes da Escola Básica de Gandra sairam à rua para levar a mensagem de bom ano a diversos espaços e instituições.

Numa iniciativa que contou com o apoio da Associação de Pais, a Escola Básica da Feitosa passou a contar com uma cozinha móvel, totalmente equipada, que vai permitir a concretização de projetos e atividades no âmbito da iniciação à culinária. Esta infraestrutura constitui um importante complemento ao projeto da Horta Pedagógica, implementado desde há três anos a esta parte, tendo significado um importante contributo para a dinâmica pedagógica da escola.

O Agrupamento de Escolas sublinha e reconhece a importância destas parcerias para a formação e desenvolvimento integral das crianças e alunos, agradecendo o apoio prestado pela Associação de Pais da Escola Básica da Feitosa.

O mês de janeiro marcou o regresso da tradição das janeiras às escolas do Agrupamento António Feijó. os alunos e docentes da Escola Básica de Trovela sairam à rua para levar a mensagem de bom ano a diversos espaços e instituições.

O semanário "Alto Minho" destacou o trabalho dos alunos integrados no projeto "Amigos Prováveis", através do qual levaram conforto e companhia a muitos idosos do nosso concelho. A equipa integrava alunos da Escola Básica António Feijó e da Escola Básica e Secundária de Arcozelo, tendo dinamizado recolha de alimentos e preparado várias surpresas para tornar o Natal e os dias dos idosos momentos inesquecíveis.

No dia 30 de janeiro teve lugar na EB António Feijó a terceira sessão do Atelier de Cinema e Audiovisual, promovida pelo Município de Ponte de Lima, que está a ser dinamizado pelo professor Tiago Reis Alves, especialista em Vídeo e Cinema Documental pela IPT - ESTA - Escola Superior de Tecnologia de Abrantes, com os alunos da turma 7.ºG.

O Atelier é composto uma sessão semanal de duas horas, durante cinco semanas, e permitirá aos alunos conhecer algumas técnicas e desenvolver projetos nesta área.

Desta vez, a turma foi acompanhada pela professora de Matemática, Paula Fernandes. Os trabalhos decorrem com entusiasmo e dentro de algumas semanas teremos três curtas-metragens como resultado do empenho dos alunos e do seu formador.

A escola de Pais, que vai já na sua terceira edição, está já a desenvolver as suas atividades e mereceu a atenção e destaque numa das recentes edições do semanário "Alto Minho", onde responsáveis e alunos deram testemunho da sua experiência nesta espaço formativo.

A Escola de Pais António Feijó é fruto de uma parceria entre o Agrupamento de Escolas António Feijó e a Escola Superior de Educação.

Alguns docentes do departamento de Línguas participaram na ACC «Vamos falar sobre cinema? Representações do Holocausto no Cinema», em 26 de janeiro, a propósito da efeméride assinalada no dia 27 do mesmo mês: Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

O PNC promoveu esta ACD online, numa perspetiva transversal à abordagem da linguagem fílmica, mas também à Cidadania e aos Direitos Humanos, com o objetivo de formar e sensibilizar para o ensino do Holocausto através do recurso ao cinema e contou com três convidados: Abílio Hernandez (Universidade de Coimbra), Irene Flunser Pimentel (IHC - NOVA FCSH) e Isabel Maria Santiago (Escola Secundária Emídio Navarro, Almada).

Entrar ou Registar-se