Logo
TEXTO LITERÁRIO (PARTINDO DO POEMA “A BORBOLETA” DE MATILDE ROSA ARAÚJO

Para contextualizar, na "Semana da Leitura", partindo de um texto de Matilde Rosa Araújo, começamos a construir uma história inédita, que passava de turma em turma, até ser concluída a história. Após finalizar, partimos para a ilustração, seguindo o mesmo processo.

 

PARTILHA DE GRUPOS/TURMAS EB RIBEIRA

 

ERA UMA VEZ UMA MENINA CHAMADA CLARINHA. ESTAVA TÃO CHEINHA DE CALOR.

FOI PASSEAR NA FLORESTA E ENCONTROU UMA BORBOLETA COLORIDA COMO UM ARCO-ÍRIS…

GRUPO JI R2

 

QUANDO A BORBOLETA VOAVA E POUSAVA EM ALGUMA COISA, ELA FICAVA COM UMA DAS CORES DO ARCO-ÍRIS. QUANDO ELA SE APERCEBEU, QUIS COLORIR TODA A FLORESTA E TORNÁ-LA PRIMAVERIL...

TURMA R/2A

 

A BORBOLETA, POUSANDO DE FLOR EM FLOR, FOI COLORINDO TODA A FLORESTA. DE CONTENTES, OS ANIMAIS SAÍRAM DAS SUAS TOCAS E PUSERAM-SE A ADMIRAR, MARAVILHADOS, AQUELE ESPETÁCULO PRIMAVERIL…

TURMA R/4A

 

A CLARINHA CORREU ATRÁS DA BORBOLETA, PORQUE ELA QUERIA FICAR COLORIDA COMO A FLORESTA. OS ANIMAIS TAMBÉM QUERIAM FICAR COLORIDOS E FORAM FALAR COM A BORBOLETA…

TURMA R/1ª

 

DECIDIRAM IR À SUA PROCURA DIVIDIDOS EM PEQUENOS GRUPOS. AS AVES VOARAM PELA FLORESTA, OS PEIXES ATRAVÉS DA CORRENTE DO RIO E OS RESTANTES ANIMAIS FORAM PELOS CAMINHOS DA FLORESTA.

AS AVES ENCONTRARAM A BORBOLETA COLORIDA E FORAM AVISAR TODOS OS ANIMAIS. TODOS SE REUNIRAM NO CAMPO DAS FLORES DE VÁRIAS CORES E PERFUMES, ONDE ESTAVA A BORBOLETA.ELA OUVIU O PEDIDO DOS ANIMAIS E DISSE-LHES:

- MEUS QUERIDOS ANIMAIS, PENSEM BEM NA COR QUE QUEREM CADA UM DE VOCÊS. PORQUE ESSA CÔR FICARÁ PARA SEMPRE.

DEPOIS DE MUITO PENSAR, DECIDIRAM….

TURMA R/3ª

 

DECIDIRAM QUE OS PEIXES FICARIAM AZUIS; AS AVES DE VÁRIAS CORES E OS RESTANTES ANIMAIS DE ACORDO COM A SUA ESPÉCIE: VERDES, VERMELHOS, AMARELOS, LARANJA, CASTANHOS, COR DE ROSA E CINZENTOS.

A CLARINHA FICOU ADMIRADA AO VER TODOS AQUELES ANIMAIS COLORIDOS MUITO FELIZES.

JI R/1

Agrupamento de Escolas António Feijó © 2018. Todos os direitos reservados.