quarta-feira, setembro 22, 2021
Follow Us

despertar

Jornal Despertar

Os jovens artistas da escola Básica António Feijó têm demonstrado toda a sua qualidade, com as suas obras a serem expostas em diversos espaços da escolas.

Temos futuro!

Durante as aulas de informática, os alunos da escola Básica António Feijó têm experimentado a área do design e impressão em 3D. Novas e enriquecedoras experiências, utilizando a tecnologia digital.

Na Sala da educadora Rosa Palma, no âmbito da "Semana da Leitura", o grupo escolheu e planificou o que fazer com os poemas escolhidos.  Na representação "O Senhor Mar" vai para além do texto escrito, pois,  decidiram acrescentar imagens do que sabiam sobre o mar,  quiseram colar peixes, barcos e pessoas a fazer Windsurf.

Foi uma semana de grande apredizagem e diversão.

No âmbitp das atividades do "Dia do Patrono", foi promovido um Pedipaper que, devido às condições climatéricas, foi realizado noutro dia do mês de junho. O conhecimento da vida e obra do poeta foi o mote para uma atividade de grande significado para toda a comunidade escolar. Com base nas imagens recolhidas, foi realizado um pequeno vídeo, que aqui se dá a conhecer.

https://youtu.be/2sxDMgNdzO4

No âmbito da Semana da Leitura, as crianças da sala da Educadora Adília realizaram diversos trabalhos, nomeadamente a ilustração do poema "História do Senhor Mar", a "A Formiguinha Descalça" e  "Cavalinho, Cavalinho". 

Produziram ainda um pictograma do poema "Cavalinho, Cavalinho" e  "Boa Noite Passarinho".

Parabéns pelos trabalhos e pela atividade realizada.

Para contextualizar, na "Semana da Leitura", partindo de um texto de Matilde Rosa Araújo, começamos a construir uma história inédita, que passava de turma em turma, até ser concluída a história. Após finalizar, partimos para a ilustração, seguindo o mesmo processo.

 

PARTILHA DE GRUPOS/TURMAS EB RIBEIRA

 

ERA UMA VEZ UMA MENINA CHAMADA CLARINHA. ESTAVA TÃO CHEINHA DE CALOR.

FOI PASSEAR NA FLORESTA E ENCONTROU UMA BORBOLETA COLORIDA COMO UM ARCO-ÍRIS…

GRUPO JI R2

 

QUANDO A BORBOLETA VOAVA E POUSAVA EM ALGUMA COISA, ELA FICAVA COM UMA DAS CORES DO ARCO-ÍRIS. QUANDO ELA SE APERCEBEU, QUIS COLORIR TODA A FLORESTA E TORNÁ-LA PRIMAVERIL...

TURMA R/2A

 

A BORBOLETA, POUSANDO DE FLOR EM FLOR, FOI COLORINDO TODA A FLORESTA. DE CONTENTES, OS ANIMAIS SAÍRAM DAS SUAS TOCAS E PUSERAM-SE A ADMIRAR, MARAVILHADOS, AQUELE ESPETÁCULO PRIMAVERIL…

TURMA R/4A

 

A CLARINHA CORREU ATRÁS DA BORBOLETA, PORQUE ELA QUERIA FICAR COLORIDA COMO A FLORESTA. OS ANIMAIS TAMBÉM QUERIAM FICAR COLORIDOS E FORAM FALAR COM A BORBOLETA…

TURMA R/1ª

 

DECIDIRAM IR À SUA PROCURA DIVIDIDOS EM PEQUENOS GRUPOS. AS AVES VOARAM PELA FLORESTA, OS PEIXES ATRAVÉS DA CORRENTE DO RIO E OS RESTANTES ANIMAIS FORAM PELOS CAMINHOS DA FLORESTA.

AS AVES ENCONTRARAM A BORBOLETA COLORIDA E FORAM AVISAR TODOS OS ANIMAIS. TODOS SE REUNIRAM NO CAMPO DAS FLORES DE VÁRIAS CORES E PERFUMES, ONDE ESTAVA A BORBOLETA.ELA OUVIU O PEDIDO DOS ANIMAIS E DISSE-LHES:

- MEUS QUERIDOS ANIMAIS, PENSEM BEM NA COR QUE QUEREM CADA UM DE VOCÊS. PORQUE ESSA CÔR FICARÁ PARA SEMPRE.

DEPOIS DE MUITO PENSAR, DECIDIRAM….

TURMA R/3ª

 

DECIDIRAM QUE OS PEIXES FICARIAM AZUIS; AS AVES DE VÁRIAS CORES E OS RESTANTES ANIMAIS DE ACORDO COM A SUA ESPÉCIE: VERDES, VERMELHOS, AMARELOS, LARANJA, CASTANHOS, COR DE ROSA E CINZENTOS.

A CLARINHA FICOU ADMIRADA AO VER TODOS AQUELES ANIMAIS COLORIDOS MUITO FELIZES.

JI R/1

A turma F4A da Escola Básica da Feitosa esteve a estudar a metamorfose das borboletas e já viu nascer a primeira!

metamorfose é um processo que ocorre no corpo dos animais que possuem desenvolvimento indireto.

As borboletas são animais ovíparos, portanto, o ovo marca o início da vida desse ser.

Dos ovos das borboletas saem formas larvais denominadas de lagartas.

Durante a fase de lagarta, o animal come ativamente as folhas da planta em que foi colocado. As nossas lagartas estão a alimentar-se de arruda.

Depois de se alimentar de maneira adequada, inicia-se a fase de hibernação, com a criação da crisálida. Nesse período, conhecido como pupa, o animal não se alimenta até que o seu corpo seja completamente reorganizado e adquira a forma adulta.

Os alunos do CAA - Centro de Apoio à Aprendizagem realizaram um trabalho sobre a intervenção humana no Rio Lima, tendo sempre como pano de fundo a sensibilização para a proteção daquele curso de água.

Entrar ou Registar-se