quinta-feira, novembro 26, 2020
Siga-nos

IMG 2453Cerca de 40 alunos do AE António Feijó dedicaram um original ao ministro Tiago Brandão Rodrigues e sua equipa

Cerca de 40 alunos e professores do Agrupamento de Escolas (AE) António Feijó, de Ponte de Lima, estiveram esta quinta-feira no Ministério da Educação (ME) a cantar as janeiras.
Os estudantes dos 7.º, 8.º e 9.º anos, incluindo vários alunos que também frequentam a Academia de Música Fernandes Fão, dedicaram uma canção original ao Ministro da Educação e sua equipa. “Obrigado ao Senhor Ministro e a toda a sua elite”, diz a canção, na qual os alunos limianos, que vieram “em romaria ao Ministério da Educação”, se apresentam como sendo de uma vila que é “obra-prima, de beleza sem igual”.
Acompanhado pelos Secretários de Estado da Educação, João Costa e Susana Amador, e pelo Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, o ministro Tiago Brandão Rodrigues agradeceu a dedicatória alto-minhota, destacou o projeto pedagógico daquele Agrupamento, sublinhando o ensino articulado e a ligação à Academia Fernandes Fão. Ao presidente da autarquia de Ponte de Lima, o governante agradeceu o empenho em ter trazido este grupo “de verdadeiros cantores” até Lisboa.

O Ministro da Educação foi ainda surpreendido, uma vez que dois dos docentes presentes haviam sido seus professores no 7.º ano de escolaridade, em Paredes de Coura, onde estudou: “Que bom revê-los! E muito obrigado por estas estrofes tão especiais que hoje nos trazem”, referiu.
O átrio do edifício sede do Ministério da Educação, onde se juntaram governantes, dirigentes e trabalhadores dos serviços, encheu-se para ver e ouvir as canções da época, interpretadas pelos alunos de Ponte de Lima que, de seguida, almoçaram na cantina do Ministério, acompanhados pelo Ministro da Educação.
Esta quinta-feira cumpriu-se a tradição de vários anos, com a presença de alunos no Ministério da Educação a cantar as janeiras. Em 2016, o Ministro Tiago Brandão Rodrigues recebeu alunos e professores do AE de Condeixa-a-Nova, em 2017 do AE de Algueirão - Sintra, em 2018 a Academia de Amadores de Música de Lisboa, em 2019 o Grupo Pintar e Cantar dos Reis de Alenquer e, em 2020, os alunos do AE António Feijó, de Ponte de Lima.
(Fonte: Ministério da Educação)

Entrar ou Registar-se